AVISO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

Conteúdo: 20 comprimidos Uso oral, uso adulto e pediátrico acima de 4 anos Fabricante: Cimed Composição  Cada comprimido revestido contém: bisacodil 

R$7.85 R$5.10
-35%
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

  • Conteúdo: 20 comprimidos
  • Uso oral, uso adulto e pediátrico acima de 4 anos
  • Fabricante: Cimed

Composição 

Cada comprimido revestido contém:
  • bisacodil  5 mg
  • Excipientes* q.s.p.: 1 comprimido revestido
  • *celulose microcristalina, lactose, croscarmelose sódica, estearato de magnésio, copolímero de ácido metacrílico, etil éster de ácido cítrico, talco, dióxido de titânio, óxido ferroso e polietilenoglicol.
  

Para que é indicado

DUCODIL® é indicado para o tratamento da prisão de ventre; no preparo do paciente para exames diagnósticos, e antes ou após procedimentos cirúrgicos. É indicado também em casos em que é necessário facilitar a evacuação.
  

Como funciona

DUCODIL® é um laxante de ação local, atua diretamente na parede do intestino. DUCODIL® estimula o movimento intestinal e promove acúmulo de água dentro do intestino, facilitando a eliminação das fezes. O início da ação ocorre após 6-12 horas. Como laxante que atua no intestino grosso, DUCODIL® estimula o processo natural de evacuação na região inferior do trato gastrintestinal. Dessa maneira, não altera a digestão ou a absorção de calorias ou nutrientes essenciais. 

Para que serve

Ducodil é destinado para o tratamento de prisão de ventre.

Contraindicação

Você não deve tomar DUCODIL® se tiver íleo paralítico (intestino para de funcionar), obstrução intestinal, ou condições abdominais agudas (como apendicite, inflamação aguda do intestino) e dor abdominal grave com enjoo e vômitos, que podem indicar problemas graves. Você também não deve tomar DUCODIL® se tiver intensa desidratação, alergia ao bisacodil ou a qualquer dos componentes da fórmula e intolerância a galactose.
 

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.