AVISO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

Produto sem informação

R$16.65
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

BULA

Cobavital®


Cobamamida, cloridrato de ciproeptadina


Uso pediátrico e adulto



Formas farmacêuticas e apresentações - Comprimidos: Caixa com 16 microcomprimidos. Xarope: Caixa contendo 1 envelope com granulado e 1 frasco de xarope, para preparação de 100 ml de xarope.


Composições - Cada microcomprimido contém: Cobamamida 1 mg; Cloridrato de ciproeptadina 4 mg; Excipientes q.s.p. 1 comprimido. Cada 5 ml de xarope contém após a reconstituição: Cobamamida 1 mg; Cloridrato de ciproeptadina 4 mg; Excipientes q.s.p. 5 ml.


Indicações - Como estimulante do apetite. Nos distúrbios pôndero-estaturais da infância. Nos estados de astenia e anorexia. Nos períodos de convalescença.


Contra-indicações - COBAVITAL® é contra-indicado na gravidez, no glaucoma, nos pacientes com retenção urinária, com úlcera péptica estenosante ou obstrução piloroduodenal. Antecedentes alérgicos à cobamamida e à ciproeptadina e a outros fármacos de estrutura química semelhante.


Precauções - Deve ser evitada a ingestão concomitante de álcool e outros depressores do sistema nervoso central, pois COBAVITAL® pode aumentar o efeito desses agentes. Deve-se ter precauções de uso em hipertrofia prostática e glaucoma de ângulos aberto e fechado. Aviso referente à apresentação xarope: Atenção diabéticos: Contém açúcar. Durante o tratamento, o paciente não deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.


Interações medicamentosas - A ciproeptadina pode potencializar os efeitos de agentes antidepressivos, anticonvulsivantes e do álcool, bem como dos IMAOs.


Reações adversas - Os efeitos colaterais que aparecem freqüentemente são sedação e sonolência. Em crianças, a sedação pode constituir efeito desejável, pela possibilidade de reduzir a tensão emocional freqüentemente associada com a anorexia. Muitos pacientes que no início se queixam de sedação podem deixar de apresentá-la após os três ou quatro primeiros dias de tratamento. Mais raramente, podem ocorrer secura das mucosas, cefaléia, náuseas e erupções cutâneas. Muito raramente pode ocorrer estimulação do sistema nervoso central manifestada por agitação, confusão ou alucinações visuais.


Posologia - Microcomprimidos: Crianças de 2 a 6 anos: 1/2 a 1 comprimido, duas vezes ao dia, antes das refeições. Crianças acima de 6 anos: 1 comprimido, duas vezes ao dia, antes das refeições. A posologia diária não deve exceder 8 mg de ciproeptadina. Adultos: 1 comprimido, três vezes ao dia, antes das refeições. A posologia diária de 12 mg de ciproeptadina geralmente é satisfatória. Doses maiores não são requeridas e nem recomendadas para a estimulação do apetite. Não há esquema posológico recomendado para crianças com menos de 2 anos. No caso de sonolência acentuada é aconselhável reduzir a dosagem para a metade. Os comprimidos, de sabor agradável, são facilmente dispersos em água, suco, leite ou na boca. Xarope: Agite o frasco antes de usar. Crianças de 2 a 6 anos: 1/4 copo-medida (2,5 ml) a 1/2 copo-medida (5,0 ml), duas vezes ao dia, antes das refeições. Crianças acima de 6 anos: 1/2 copo-medida (5 ml), duas vezes ao dia, antes das refeições. Adultos: 1/2 copo-medida (5 ml), três vezes ao dia, antes das refeições.


Modo de preparar o xarope - Recorte um dos cantos do envelope. Coloque o conteúdo do envelope no frasco do xarope. Agite bem o frasco, até obter uma solução completa. Administre, em copo-medida, conforme a posologia. O xarope depois de pronto conservará a sua eficácia terapêutica durante 30 dias.


Superdosagem - As reações de superdosagem de anti-histamínicos podem variar de depressão ou estímulo do sistema nervoso a convulsões. Podem também ocorrer sinais e sintomas do tipo atropínico (boca seca, pupilas dilatadas e fixas, rubor, entre outros), assim como sintomas gastrintestinais. No caso de ingestão acidental de doses exageradas, se espontaneamente não ocorrer vômito, o paciente deve ser induzido ao vômito com xarope de ipeca, se estiver consciente. Se o paciente não conseguir vomitar, faça lavagem gástrica acompanhada de carvão ativado. A lavagem de escolha é a solução salina isotônica ou a 0,45%. Deve-se tomar precauções para evitar a aspiração, particularmente em bebês e crianças.


Pacientes idosos - Embora existam estudos em idosos e a ciproeptadina seja amplamente utilizada nestes pacientes, por falta de uma maior quantidade de estudos clínicos específicos nesta faixa etária, recomendamos que o médico avalie os eventuais riscos e os benefícios.


Venda Sob Prescrição Médica.


SAC: 0800-0141500.


Registro no M.S. 1.0082.0009.


SOLVAY FARMA Ltda.

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.